fbpx

Vendas ativas: 3 dicas infalíveis para vender melhor

Quando se trata de vendas ativas, você já sabe que vai ter que encarar uma boa lista de contatos pra fazer várias e várias ligações. Mas você também deve saber, que desde o momento da primeira ligação até você encontrar o decisor, conseguir falar com ele, apresentar o produto, marcar reuniões, negociar e fechar negócio (ufa), pode demorar alguns dias.

Trouxe algumas dicas pra facilitar todo esse processo e pra te ajudar a vender mais do que nunca!

1. Estude antes de vender

Vendas ativas com cold calls não significa tentar a sorte ligando para pessoas aleatórias. Muito pelo contrário, hoje é completamente possível encontrar qualquer tipo de informação na internet. Ainda mais se você já tem uma lista de contatos de possíveis clientes.

Antes de entrar em contato com algum lead, é interessante que você pesquise alguns dados sobre a empresa e funcionários. Para tanto, uma dica boa é procurar o perfil da empresa no Linkedin e verificar quem é a pessoa tomadora de decisões. Assim, suas chances de falar direto com a pessoa que importa é muito mais fácil.

Além de pesquisar quem é o tomador de decisão, é muito importante que esteja claro na sua cabeça como é o mercado que a pessoa atua, como é o dia-a-dia dela e quais são os maiores problemas que tem em seu negócio. Dessa maneira, é possível relacionar tudo isso com as melhores soluções que o produto que você vende pode trazer.

2. Messa seu desempenho nas vendas ativas

O que não é medido não é melhorado, ainda mais quando estamos falando de vendas ativas. Por isso é essencial sempre manter os KPIs atualizados com dados importantes. Assim, alguns exemplos são: número de chamadas realizadas, número de tentativas até você conseguir falar com o decisor, horários de ligações que foram mais bem sucedidas, e até mesmo, a maneira como você fala com os clientes.

Ao analisar esse tipo de informação, você consegue identificar todos os pontos negativos para eliminá-los, e todos os positivos para aprimorá-los. Isso facilita na hora de agir, permitindo que você focalize seus esforços diretamente sobre o problema que está atrapalhando suas vendas.

3. Seja organizado

Organização é fundamental em qualquer tipo de trabalho, e na área comercial não é diferente. Afinal, você tem uma lista de contatos para trabalhar em cima. Mas calma, existem ferramentas próprias para te ajudar na organização, o nome é Customer Relationship Management ou CRM.

Esse tipo de ferramenta, como o próprio nome já diz, serve para gerenciar o relacionamento do vendedor com o cliente. Ou seja, como vendedor, você deve registrar tudo o que acontece durante o processo de venda com cada cliente. Algumas informações importantes de serem colocadas no CRM são:

  • Nome, telefone e e-mail do decisor
  • Nome da empresa
  • Principal dor da empresa
  • Informações essenciais para a escolha produto
  • Datas de reuniões
  • Agendamento de tarefas

Enfim, informações que contribuam para o relacionamento com o cliente, e que evitem qualquer tipo de esquecimento, tanto em relações a reuniões agendadas, quanto em relação a o que já foi conversado com o cliente em questão.

Simples né? Agora é só colocar em prática e começar a maximizar seus ganhos! (: