fbpx

Inside sales e telemarketing: Quais são as diferenças?

É muito comum que as pessoas criem uma certa confusão entre Inside Sales e telemarketing, já que ambas se tratam de vendas por telefone. Mas, vim desvendar isso e acabar com essa confusão. Se você é uma dessas pessoas, esse post foi feito pra você! Continue lendo e saiba as principais diferenças:

Você vai ver nesse post:

  1. FERRAMENTAS DE TRABALHO
  2. LEADS NO INSIDE SALES
  3. INTERAÇÃO COM O CLIENTE
  4. PERFIL DO INSIDE SALES

 

FERRAMENTAS DE TRABALHO

Antigamente no telemarketing, as únicas ferramentas necessárias eram o telefone e uma lista de contatos para ligar. Porém, hoje é muito comum vermos centrais de telemarketing onde os atendentes recebem um fone de ouvido com microfone e um computador com algum sistema que envia centenas de ligações para os operadores durante o dia.

Jé em Inside, é possível utilizar, além do telefone, aplicativos de mensagens, e-mails, web conferências. Resumindo: tudo que for necessário para demonstrar o produto da melhor maneira possível. Apesar de grande parte do trabalho ser feito no telefone, aqui o foco não é ter quantidade de ligações. Mas sim, uma ótima qualidade no atendimento e nas taxas de conversão.

 

LEADS NO INSIDE SALES

No telemarketing os leads partem de listas com baixa qualidade e, na maioria das vezes, não têm interesse nem ouviram falar do produto antes. Por isso o contato se torna invasivo, já que os operadores são instruídos a vender qualquer custo.

Mas, quando se trata de Inside Sales há um certo interesse entre as duas partes. Os leads são qualificados por funis de vendas e inbound marketing. Por conta disso, aqui o papel do vendedor é ser mais consultivo e se assegurar que a solução que ele vende se adéqua ao cliente.

 

INTERAÇÃO COM O CLIENTE

Um telefonema, uma rápida apresentação do produto baseada em scripts, de forma invasiva e com interação quase sempre unilateral. Em resumo é como funciona a interação com o cliente no telemarketing. Por conta da falta de flexibilidade no script, a ligação pode ficar robotizada, o que atrapalha nessa interação.

Enquanto isso, em inside sales existe um diálogo entre vendedor e cliente. O vendedor acaba se tornando como um consultor que interage com o cliente da forma menos invasiva possível e com bons resultados. Enquanto ele entende o cenário e dores do cliente,  também faz perguntas que guiam o cliente para o mesmo raciocínio.

 

PERFIL DO INSIDE SALES

Em telemarketing, não é necessário que o vendedor esteja preparado ou possua muita familiaridade com o produto ou serviço. Desde que ele siga o script, ele consegue passar todas as informações para o cliente. Por isso, geralmente não é cobrada tanta experiência anterior para esse cargo.

Em vendas internas o vendedor deve ser mais bem treinado e capacitado. Desse modo, o vendedor entende as reais dificuldades do cliente e fornece soluções customizadas que agregam valor ao produto. Seja como for, o vendedor deve passar muita segurança e credibilidade para o cliente. Por isso é importante que quem está vendendo seja uma pessoa curiosa e proativa.

 

Agora que você já sabe as principais diferenças entre Inside Sales e Telemarketing, que tal descobrir qual é o seu perfil de vendedor?